Abertura do 11º In-Edit acontece hoje (12/06) confira destaques da programação

O IN-EDIT BRASIL chega à sua 11ª edição consolidado como uma grande vitrine para a efervescente produção de documentários musicais. Foram selecionados 57 títulos nacionais e internacionais, sendo a grande maioria inédita no Brasil. O evento acontece em São Paulo de 12 a 23 de junho.

Tudo Pela Música - os 20 anos da Deck, de Daniel Ferro

No PANORAMA BRASILEIRO, diversas estreias nacionais e mundiais como Alceu Valença - Na embolada do Tempo, de Paola Vieira; Amigo Arrigo, de Alain Fresnot e Junior Carone; Tudo Pela Música - os 20 anos da Deck, de Daniel Ferro; Antes que me Esqueçam, meu nome é Edy Star, de Fernando Moraes, além de Dorival Caymmi - Um Homem de Afetos, de Daniela Broitman; O Barato de Iacanga, de Thiago Mattar; Rumo, de Flávio Frederico e Mariana Pamplona; e Meu Amigo Fela, de Joel Zito Araújo, todos na Competição Nacional. O vencedor da competição, definido por um júri de profissionais do cinema e da música, representará o Brasil na edição do In-Edit Barcelona, em outubro deste ano.

O Imperfeccionista - Ian Guest, de Marcelo Baia Nicolato
Guitar Days - An Unlikely Story of Brazilian Music, de Caio Augusto Braga; Segue o Baile - Bixiga 70, de  Rubens Crispim Jr; ELETRONICA:MENTES, de Dacio Pinheiro; Canções em Pequim, de Milena de Moura Borba; Faz Sol Lá Sim, de Claufe Rodrigues; Memórias do Grupo Opinião, de Paulo Thiago; e O Imperfeccionista - Ian Guest, de Marcello Baia Nicolato, compõem a Mostra Brasil.

Sebastião Biano em "Pipoca Moderna", de Helder Lopes
No programa Brasil.Doc, os títulos O Rap pelo Rap 2, de Pedro Fávero; 30 Anos de Anonimato, de Felipe David Rodrigues; Guriatã, de Renata Amaral; We Need Songwriters, de  Alexandre Petillo; Sound System - A Voz da Quebrada, de Fernando Augusto; Woya Hayi Mawe - Para onde vais?, de Jasper Chalcraft e Rose Satiko Hikiji; e Pipoca Moderna, de Helder Lopes.

Feito por Elas, de Barbara Ramona e Vanessa Pereira
Os curtas Beat É Protesto - O Funk Pela Ótica Feminina, de Mayara Efe; Feito por Elas, de Barbara Ramona e Vanessa Pereira; A Matriz dos Metais, de Edson Mauricio Cabral e Robson Timóteo; Bié dos 8 Baixos, de Eduarda Gama e Uyatã Rayra; Casa da Felicidade, de Jair Pires e Jéssica Ayara; Contramaré, de Daniel Marenco; FYA - Um Filme Remix Sobre o Dancehall da Quebrada, de Guilherme Nasser; Novos Goianos, de Isaac Brum Souza; Poesia Azeviche, de Ailton Pinheiro, estão no programa Curta um Som

Zuza Homem de Jazz, de Janaína Dalri
Já na seção Especiais, o lançamento da série História Secreta do Pop Brasileiro, de André Barcinski, com exibição dos 8 capítulos, divididos em 2 blocos de 96 minutos com entrevistas de Mister Sam, Gretchen Dudu França, Raul Gil, entre outros, seguido de debate com a presença do diretor e convidados + show com a banda Sunday. A Nação Zumbi faz uma sessão exclusiva para o Festival com a exibição do documentário inédito Rádio S.Amb.A.Doc, dirigido por André Almeida, seguida de show da banda. Em Zuza Homem de Jazz, de Janaína Dalri, vemos a Zuza Homem de Mello em seu ambiente natural: a música em suas todas as formas mais diversas, e especialmente, o jazz. Completam a programação, Clementina, de Ana Rieper, com bate papo após a sessão com a diretora e a produtora Mariana Marinho e Com a Palavra, Arnaldo Antunes, de Marcelo Machado, também seguida de bate papo com o diretor e o cantor e compositor Arnaldo Antunes.

The Strange Sound of Happiness, de Diego Pascal Panarello
O PANORAMA MUNDIAL apresenta 21 títulos de diversos países, sendo a maioria produções inéditas no Brasil e sem previsão de estreia no circuito comercial. Nomes como Joan Jett, Miles Davis, New Order, Ryuichi Sakamoto, Agnostic Front, Suede, Miquel Serra, Von MLO, Milford Graves, Boy Bands (The Beatles, Backstreet Boys, Take That), além do selos discográficos Trojan e Blue Note, referências do reggae e do jazz, a meca da disco music Studio 54, entre outros, completam a programação.

As ATIVIDADES PARALELAS trazem diversas Apresentações Musicais e a já tradicional Feira de Vinil. Em parceria com a Spcine, o festival promove ainda uma palestra com Javier Porta Fouz, diretor artístico do BAFICI. 

As sessões acontecem nas salas CineSesc, Spcine Olido, Spcine Lima Barreto (CCSP), Cinemateca Brasileira e Cine Matilha (Matilha Cultural).

As atividades paralelas incluem outros espaços, como Sala Olido, Sala Adoniran Barbosa (CCSP), Cine Joia, Blue Note São Paulo e Z Largo da Batata.



PROGRAMAÇÃO ONLINE GRATUITA NA PLATAFORMA SPCINE PLAY

Este ano, o In-Edit oferece ao público de todo o Brasil a oportunidade de assistir a alguns dos filmes da programação à distância, através do serviço de streaming da Spcine, o Spcine Play.

A partir do dia 13 de junho, 16 títulos da 11ª edição do Festival, entre filmes de longa e curta metragem, estarão disponíveis para acesso inteiramente gratuito.

A programação online inclui a série “História Secreta do Pop Brasileiro”, em duas partes, os longas “Canções em Pequim”, “Segue o Baile – Bixiga 70” e “We Need Songwriters” e os curtas “Beat é Protesto”, “Feito por Elas” e “Poesia Azeviche”, entre outros.

Para conferir toda a programação online, basta acessar: www.spcineplay.com.br (a partir de 13/06).


Abertura do 11º In-Edit acontece hoje (12/06) confira destaques da programação Abertura do 11º In-Edit acontece hoje (12/06) confira destaques da programação Reviewed by tomdutradicas on 13:03 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.