Celebrando o Cinema Nacional: Curtas brasileiros tiveram exibição especial no MIS

E o cinema nacional, esse lindo? Cada vez temos mais motivos para ter orgulho de nossas produções, e no dia 26 de setembro aconteceu no MIS (Museu da Imagem e do Som de São Paulo) uma exibição especial de dois curtas-metragens: Tenha Um Ótimo Dia (um dos vencedores do Prêmio do Público do 29º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo) e Sinopse (apresentado no Monthly Film Festival – Set/18 da NewFilmMakersLA).

Gabriel Godoy, estrela dos dois curtas exibidos, estava presente no evento
A celebração foi em grande estilo, como convidados estavam presentes, além do ator Gabriel Godoy, estrela dos dois curtas, nomes como Felipe Saleme, Tairone Vale, Lara Koer, Johnnas Oliva, Gustavo Cabral, Alexandre Elaiuy, Willy Hajli, Victor Carloni, Victor Carloni, Rodrigo Ohara e muitos outros!

Muita alegria no evento que também contou com uma conversa sobre produção cultural independente!
O sucesso dos curtas de Gabriel Godoy, Willy Hajli e coletivo foi tanto que a organização do evento decidiu fazer uma sessão extra para que todos os convidados tivessem a oportunidade de conferir as produções! E enquanto o pessoal esperava pela exibição dos curtas, participavam do coquetel e se deliciavam com uma mesa repleta de guloseimas! Delícia, né?

Se liga nessas delícias que foram servidas no evento! Hmmm!
Sobre os curtas, adorei os dois! São bons em tudo, direção, interpretação, roteiro... Quando eu souber de alguma mostra em que eles estiverem sendo exibidos compartilho com vocês aqui! Finalizo com um grande "parabéns" aos envolvidos nessa grande celebração do cinema nacional, torcendo que haja mais iniciativas assim! Abaixo vocês conferem mais algumas fotos do evento e as informações oficiais sobre os curtas exibidos!






SOBRE OS FILMES

TENHA UM ÓTIMO DIA

Um dos vencedores do Prêmio do Público do 29° Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo, Tenha Um Ótimo Dia foi um dos destaques na distinção não competitiva Coup de Coeur no Festival de Cannes de 2018. O roteiro de Victor Carloni explora o confronto gerado por um misterioso vendedor que bate à porta de um homem, desejando comprar a sua felicidade. O filme, realizado em setembro de 2017, tem produção de Gustavo Cabral (Xingu, Vips, A Busca, FDP, O Negócio).

SINOPSE

É uma produção 100% independente estrelada por Maitê Proença, Gabriel Godoy e pelo próprio roteirista do filme, Tairone Vale. Estreou em setembro no NewFilmMakers Festival, em Los Angeles e questiona a manutenção do star system para o mercado artístico através da metalinguagem: em uma grande produtora de cinema, um produtor está prestes a entrar em uma reunião para assinar um contrato e o roteirista do projeto informa que mudou completamente a história. Para piorar, ele é obrigado a dispensar a atriz Maitê Proença do projeto. Em um momento da indústria no qual elencos são escalados com base no número de seguidores dos atores e atrizes, Sinopse oferece uma crítica à necessidade extrema de atenção e à busca pela exposição a qualquer custo.

Dirigida por Felipe Saleme e Lara Koer, a produção foi totalmente custeada com recursos próprios, e contou com um trabalho feito “na garra” por uma extensa equipe de profissionais de Juiz de Fora, onde foram feitas as filmagens, além de Barbacena, Rio de Janeiro, São Paulo e Florianópolis. A estreia de Sinopse será no festival da NewFilmMakersLA, de Los Angeles/EUA, entidade ligada à Academia de Artes e Ciências Cinematográficas, realizadora do Oscar.

BIOGRAFIAS 

SINOPSE

Gabriel Godoy é um ator de São Paulo com 15 anos de carreira. Sua formação foi na Escola de Arte Dramática da USP e na Oficina de Atores Nilton Travesso. Esteve em montagens teatrais com grandes diretores de São Paulo, como Vladimir Capella, Roberta Lage, Dagoberto Feliz e outros. Na televisão está trabalhando em sua terceira novela na Rede Globo além de ter participado de séries em canais fechados como o “O Negócio” na HBO, “Me Chama de BRUNA” no Fox Premium, “Desencontros” na Sony, “Homens” no Comedy Center - ao lado de Fábio Porchat - e “Além da Ilha” e “Assédio” para a Globo Play. Em janeiro estreia a novela “Verão 90” e o longa-metragem Incompatível, com Nathalia Dil, Giovana Lancelloti e Gabriel Louchard. No cinema participou de seis longas-metragens, três ainda inéditos. Inquieto, Gabriel hoje também edita, escreve e produz. Sinopse foi o primeiro filme que produziu com dinheiro do próprio bolso.

Felipe Saleme, em sua formação no cinema, estudou e trabalhou em Buenos Aires - Argentina, onde teve formação acadêmica na Fundación Universidad del Cine. Em 2016, arrebatou o Kikito de Melhor Diretor no Festival de Gramado pelo curta-metragem Aqueles Cinco Segundos, sua primeira parceria com Tairone Vale e Gabriel Godoy.

Tairone Vale decidiu, um tanto tardiamente, que a formação em jornalismo e a carreira como publicitário talvez não tivessem sido as melhores escolhas para a vida. A temida virada aos quarenta marca o ponto em que este ator e escritor resolve mergulhar de cabeça na arte, acreditando que ainda dá tempo.

Lara Koer, bacharel em cinema pela UFSC, mulher artista e diretora estreante no formato de curta-metragem. Acredita no poder transformador do audiovisual por meio da representatividade. Entre poesia e política, busca unir pessoas e ideias para realizar projetos bacanas.

TENHA UM ÓTIMO DIA
 
Johnnas Oliva é paulistano, ator, locutor e músico. Tem 18 anos de carreira e foi premiado como melhor ator no Rio Web Fest 2016 pelo personagem Lucas Batista na série A Vida de Lucas Batista, com 21 peças profissionais no currículo, 56 curtas-metragens, 20 séries para televisão incluindo Sessão de Terapia (GNT), O Negócio (HBO) e a estrear a 2ª temporada da série O Mecanismo, da Netflix e a série Ilha de Ferro na TV Globo, onde também se destacou na novela “Haja Coração”.
Está para estrear como um dos protagonistas dos longas-metragens Todo Carnaval Tem Seu Fim e Grande Mentira e há um ano entrou para o elenco rotativo da peça “Terça Insana”.

Gustavo Cabral é produtor, formado em Publicidade e Propaganda, produtor de cinema e televisão há 12 anos, acumulando longas-metragens, séries de TV, programas de entretenimento e variedades para televisão, videoclipes e telenovelas. Trabalhou em empresas como O2 Filmes, Conspiração, Mixer, Coração da Selva, Globo, HBO, Sony, Fox e outros.  Atuou em praticamente todas as funções da produção e hoje é Diretor de Produção no mercado, além de sócio-fundador da Braw films, que desenvolve um longa-metragem em co-produção com o México.

Alexandre Elaiuy é diretor de fotografia de filmes publicitários, videoclipes e ficção, trabalhou nas principais produtoras do país em projetos premiados em Cannes, Annecy e D&AD como "War on Drugo", PSA "Autism Speaks" e Johnson & Johnson's "Break Dance". Entre seus trabalhos mais recentes estão  promocionais da Netflix e da TV Globo. 

Willy Hajli, diretor, é graduado em Comunicação Social pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM-SP), atua na Comunicação da TV Globo. Tenha Um Ótimo Dia é seu primeiro curta-metragem, distribuído pela O2 Play para Pay-TV no Brasil, destacado com o selo não competitivo "Coups de Coeur" no 71º Festival e Cinema de Cannes e vencedor do Prêmio do Público no 29º Festival Internacional de São Paulo. É sócio fundador da Braw Films, que desenvolve um longa-metragem em coprodução com o México.

Victor Carloni, roteirista, é graduado em Comunicação Social na ESPM-SP, foi Diretor de Criação da produtora independente da faculdade. Em 2017, escreveu seu primeiro curta-metragem, Tenha Um Ótimo Dia, destacado com o selo não competitivo "Coups de Coeur" no 71º Festival de Cinema de Cannes e vencedor do Prêmio do Público no 29º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo. Atualmente trabalha como redator publicitário e roteirista de projetos de ficção, em especial um longa-metragem em coprodução com o México.

Rodrigo Ohara, produtor, é graduado em Comunicação Social pela ESPM-SP, é Produtor RTV e Art Buyer no U-Studio, agência house da Unilever Brasil. Tenha Um Ótimo Dia é seu primeiro curta-metragem como produtor, destacado com o selo não competitivo "Coups de Coeur" no 71º Festival de Cinema de Cannes e vencedor do Prêmio do Público no 29º Festival Internacional de Curtas-Metragens de São Paulo. Atualmente desenvolve um longa-metragem em coprodução com o México.




Celebrando o Cinema Nacional: Curtas brasileiros tiveram exibição especial no MIS Celebrando o Cinema Nacional: Curtas brasileiros tiveram exibição especial no MIS Reviewed by Tom Dutra on 23:50 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.