Dica da Manô - A História que Nunca Contei de Kimberly Bradley

“Às vezes a gente tem uma história e precisa reunir coragem para contá-la.”

Logo que abri o livro e comecei a leitura, me surpreendi com a narrativa em primeira pessoa, com linguagem simples, até infantil. Fiquei intrigada, então continuei lendo. Quando me dei conta de que essa história seria contada por uma menina de dez anos, admito que meu coração apertou de aflição. Eu já sabia pela sinopse que essa não seria uma narrativa fácil.

Essa é “A história que nunca contei”.


Suki e Della são irmãs inseparáveis, lutando pra sobreviver em um mundo complicado. Com uma mãe instável e viciada, a vida das duas já não era fácil, mas se torna ainda mais desafiadora quando um acidente faz com que ela seja presa. 

Sem ter para onde ir, elas se vêem aos cuidados do namorado da mãe, mas essa situação também não dura muito tempo: elas terão que fugir dali.

É logo após essa fuga que começa a narrativa de Della, a irmã menor entre as duas. Ela tem uma história muito importante para contar, uma que nunca foi revelada, mas que agora precisa ser contada, pelo bem de Suki.

Afinal, a irmã mais velha sempre protegeu Della do mundo, mas quem é que vai proteger Suki?


O livro é narrado em primeira pessoa por Della, uma menina que teve que amadurecer muito cedo, mas ainda é uma criança: quer brincar, fazer amigos, gosta de lobos e da cor roxa. Também tem um detalhe importante sobre ela: essa menina não engole desaforo!

Através de suas palavras ao mesmo tempo muito francas e ainda inocentes, vamos aos poucos pegando os fragmentos da vida das duas irmãs e das coisas que aconteceram para trazê-las até onde estão agora. Apesar de todas as coisas terríveis pelas quais já passaram, os temas muito delicados dessa história conseguem se tornar mais leves através da linguagem e da sinceridade da nossa narradora. Esse livro me trouxe tanto lágrimas quanto riso, e um profundo carinho pelas irmãs.


“Talvez, se mais pessoas sentissem que podem falar a respeito, essas coisas não acontecessem com tanta frequência.”

É possível que esse livro te faça chorar. Eu sei que eu chorei. Mas eu prometo que o amor entre Suki e Della vai superar os desafios pelos quais elas estão passando.

“A boa notícia é que as pessoas conseguem se recuperar, e elas se recuperam. Elas podem melhorar, e melhoram.”

A edição da Darkside merece um elogio à parte: diagramação confortável, capa linda e um acabamento muito caprichoso. É um livro lindo de se ter na estante. 


Vale avisar que esse livro contém temas sensíveis que podem abalar o leitor. Eu sei que eu fiquei com o coração na mão, então é bom você ler com cautela caso tenha algum dos gatilhos que vou listar abaixo, ok?

Por favor esteja atento aos possíveis gatilhos: Abandono parental, abuso de drogas, abuso de menores, suicídio.


Título: A história que nunca contei

Autora: Kimberly Brubaker Bradley

Ano: 2022

Páginas: 240

Editora: Darkside




Dica da Manô - A História que Nunca Contei de Kimberly Bradley Dica da Manô - A História que Nunca Contei de Kimberly Bradley Reviewed by Tom Dutra on 18:21 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.