Cinema: O Mundo Fora do Lugar | Resenha



Paul Kromberger é um homem que nunca mais foi o mesmo após a morte de sua querida esposa Evelyn. O que você faria se, na situação dele, estando na Alemanha, encontra-se uma pessoa que fosse igual a sua falecida esposa, mas, sendo uma famosa cantora de ópera nos Estados Unidos? Não estamos falando aqui de ser parecida, mas, EXATAMENTE igual... Ignorando o fato de Catarina, essa estranha desconhecida, estar do outro lado do mundo, Paul envia sua filha, Sophie, para conhecê-la e tentar convencer a mulher a visitá-lo em seu país. Ela topa e a partir desse encontro, a vida de cada um deles nunca mais será a mesma. Várias surpresas vão surgindo aos poucos, e uma mentira há tempos guardada para nunca ser descoberta, acaba dando lugar à verdade, que de uma forma ou de outra, sempre acaba aparecendo. Essa é a história contada em O MUNDO FORA DO LUGAR, estrelado por Katja Riemann, Barbara Sukowa e Matthias Habich, e destaque na programação do 65º Festival de Berlim.


Dirigido por Margarethe Von Trotta (diretora e roteirista de Hannah Arendt: Ideias que chocaram o mundo), "O Mundo Fora do Lugar" tem um enredo muito inteligente, com reviravoltas e surpresas em vários momentos, porém, sem nunca perder o foco. No início, Sophie vai atrás de Catarina contra a sua vontade, apenas para tentar ver o pai se sentir melhor, mas isso vai mudando e ela acaba tão envolvida com os acontecimentos que sua curiosidade vai crescendo a cada descoberta, e o mesmo acontece com o público, tanto o envolvimento quanto a curiosidade.



Muitos momentos marcantes no filme, alguns deles levarão os mais sensíveis (como eu, obviamente) às lágrimas! Encontros e reencontros, antigos desentendimentos, laços eternos e amores improváveis são apenas alguns dos temas que você encontrará nessa história. A trilha sonora só ajuda em tudo isso! Sophie e Catarina são cantoras com estilos bem diferentes, mas, cada cena em que vemos alguma delas cantando é memorável, logo
na primeira música cantada por Katja Riemann (Sophie) eu fiquei fascinado!  Sobre as músicas instrumentais, funcionam muito bem em cada momento, fazendo com que a música do filme se torne um de seus pontos mais fortes.


Os personagens vão se transformando conforme a trama avança, sobretudo Catarina, que vai percebendo aos poucos que sua história é mais complexa do que jamais poderia ter imaginado, e isso mexe com seu emocional de tal forma que em determinado momento do filme quase não a reconhecemos. Barbara Sukowa faz com que essa mudança seja a mais verdadeira e natural possível com sua atuação.


Com um visual incrível, trama e personagens bem construídos e um ótimo trabalho tanto na direção como na atuação, esse é um filme que merece sua atenção. Só lamento não ter encontrado o CD com a trilha sonora... Entre tantas qualidades do filme, essa foi a que mais me encantou. Se alguém for na Alemanha e encontrar, faz esse favor pra mim? ;D

O trailer de O MUNDO FORA DO LUGAR:



Tom Dutra
Cinema: O Mundo Fora do Lugar | Resenha Cinema: O Mundo Fora do Lugar | Resenha Reviewed by Tom Dutra on 22:34 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.