Header Ads

ad728
  • Extra! Extra!

    Instituto Tomie Ohtake lança primeiro volume da coleção Caderno-ensaio

    Reafirmando seu compromisso com os campos das artes, da cultura e da educação, o Instituto Tomie Ohtake tem o prazer de anunciar o lançamento da publicação Caderno-ensaio 1: Barro (2024), celebrando o início da nova coleção editorial Caderno-ensaio. Direcionada para educadores, pesquisadores, estudantes, artistas e quem mais se interessar, cada publicação pretende ampliar as reflexões de um tema que atravessa as exposições, pesquisas e demais atividades realizadas pela instituição. O lançamento acontece no sábado, dia 08 de junho, às 17h30, no grande hall do Instituto, com distribuição gratuita da publicação para professores da rede pública de ensino. Este projeto conta com recursos captados através do Ministério da Cultura, via Lei de Incentivo à Cultura.

    Ao unir os termos “caderno” e “ensaio”, a coleção se propõe a fazer parte da formação e do cotidiano de diversos públicos, incorporando, com as lentes do presente, um olhar atento e não exaustivo sobre o tema tratado em cada edição. Trazendo diferentes vozes para os debates propostos, seja por narrativas visuais ou textuais, os cadernos-ensaio são pensados e organizados em tipologias de conteúdo que funcionam como um convite para que cada pessoa se reconheça como pesquisadora ao acolher sua curiosidade e, com isso, mobilize os saberes e fazeres de seu território.

    Serão duas publicações por ano, distribuídas gratuitamente para professores da rede pública de ensino; educadores e profissionais de espaços culturais e museológicos e educadores de Organizações Não Governamentais (ONGs) ou Organizações da Sociedade Civil (OSC) e disponíveis para venda, ao público geral, na livraria Gaudi, localizada no mesmo edifício do Instituto Tomie Ohtake, e em livrarias parceiras.

    "Pensar publicações como formas de diálogo com públicos e pensamentos diversos é um dos modos de fazer cultura no Instituto Tomie Ohtake, afirma Gabriela Moulin, diretora executiva do Instituto. "Lançar uma nova coleção, a Caderno-ensaio, é uma busca para experimentar novos jeitos de atender a esse compromisso. São publicações que registram processos para nossa formação, mas principalmente ensaios, abertos para o mundo, com olhar para o presente. O primeiro livro será lançado com um tema que é matéria viva, orgânica e simbólica – o Barro. Ainda este ano, teremos a publicação Palavra, e assim seguiremos.", complementa Moulin.


    Caderno-ensaio 1: Barro

    O lançamento do primeiro número da coleção, Caderno-ensaio 1: Barro, ocorre no dia 08 de junho, sábado, no contexto da programação de encerramento do primeiro eixo da 7° Edição do Experiências Negras. Para abordar o barro sem desconsiderar sua complexidade e força, é necessário olhar para os temas que ele atravessa, como ancestralidade, ciclos naturais, cosmologias de diferentes povos, ciência, espiritualidade, arte, educação e cultura.

    A publicação contempla uma ampla variedade de textos e imagens, a partir dos mais distintos campos do conhecimento. Participam do volume: Andrey Guaianá Zignnatto; Associação Tingui; Celeida Tostes; Cristiano Lenhardt; Helena Lima; Hideko Honma; Inês Antonini; Josi; Liliane Dardot; Mãe Celina de Xangô; Maria Aparecida Leite; Maria Lira Marques; Marli de Jesus Costa; Maurício de Paiva; Nei Leite Xakriabá; Pierre Verger; Priscila Leonel; Rachel Hoshino; Sirlene Giannotti; Tiago Gualberto e Xadalu Tupã Jekupé.

    Paulo Miyada, diretor artístico do Instituto Tomie Ohtake, lembra que “a relação da humanidade com o barro é tão antiga quanto a própria humanidade. Isso se reflete na maneira como artistas de diversas origens e trajetórias imprimem saberes ancestrais, memórias atávicas e apreensões do território em suas criações com o barro."


    Acessibilidade

    Acompanhado de encarte em Braille, o livro conta ainda com versão digital acessívelnarração de todos os conteúdosaudiodescrição de todas as imagens, ambientação sonora criada especialmente para a publicação e vídeo de apresentação em Libras (Língua brasileira de sinais), com legendas e narração em língua portuguesa. Além de garantir o acesso das pessoas com deficiência, os recursos de acessibilidade amplificam a potência e o alcance do livro através da multissensorialidade. O uso compartilhado entre pessoas com e sem deficiência, incentivado pelo Instituto Tomie Ohtake, possibilita novas maneiras de se relacionar com a arte, a educação e a cultura, além de promover integração e coletividade.

     

    Lançamento:

    Caderno-ensaio 1: Barro

    Dia 08 de junho de 2024, às 17h30

     

    Caderno-ensaio 1: Barro

    Organização: Divina Prado, Felipe Carnevalli e Gabriela Moulin

    Autores: Andrey Guaianá Zignnatto; Associação Tingui; Celeida Tostes; Cristiano Lenhardt; Helena Lima; Hideko Honma; Inês Antonini; Josi; Liliane Dardot; Mãe Celina de Xangô; Maria Aparecida Leite; Maria Lira Marques; Marli de Jesus Costa; Maurício de Paiva; Nei Leite Xakriabá; Pierre Verger; Priscila Leonel; Rachel Hoshino; Sirlene Giannotti; Tiago Gualberto e Xadalu Tupã Jekupé.

    Editora: Instituto Tomie Ohtake

    Idioma: Português

    Nº de páginas: 240 páginas

    Formato: 18 x 24 cm

    Encadernação: Brochura

    Área de Interesse: Artes Visuais / Cultura / Educação / Antropologia

    1ª Tiragem: junho de 2024

    ISBN: 978-65-89342-40-3

    Preço: R$ 65,00

     

    Instituto Tomie Ohtake

    Av. Faria Lima 201 (Entrada pela Rua Coropé, 88) - Pinheiros SP

    Metrô mais próximo - Estação Faria Lima/Linha 4 – amarela

    Fone: 11 2245 1900

    Nenhum comentário

    Com brinde exclusivo e ingressos de cinema, Pernambucanas celebra os 90 anos de Pato Donald e lançamento de Divertida Mente 2

    A   Pernambucanas , em parceria com a The Walt Disney Company Brasil, está promovendo uma ação especial para celebrar o lançamento do filme ...