Galeria Mario Cohen recebe exposição Naturalis, da artista visual Elaine Pessoa

A Galeria Mario Cohen realiza, de 23 de agosto a 30 de setembro, a Exposição Naturalis, da artista visual Elaine Pessoa. Com trabalhos expostos em acervos de diversos países, como Japão, EUA, França, Itália e Romênia, Elaine tem sido apontada como um dos novos talentos da fotografia nacional. A artista já coleciona quatro prêmios, com destaque para o Prêmio Miolo, em 2015, de melhor publicação fotográfica com o livro Tempo Arenoso – trabalho que faz parte do acervo da Pinacoteca do Estado de São Paulo e estará na próxima edição da Arca SP-Arte, em final de agosto.


Com curadoria de Mario Cohen e da própria artista, a Exposição Naturalis traz, pela primeira vez, as Séries Naturalis, Arabutã e Tacomaré juntas. Elas baseiam-se no trabalho de pesquisa do território brasileiro pelos primeiros exploradores e seus registros em desenhos, em especial dos naturalistas alemães Martius e Spix, dialogando com fundos de fotografia. O trabalho faz uma reflexão do colonialismo no Brasil e suas ondas exploratórias, do Pau-brasil (Arabutã) à cana-de-açúcar (Tacomaré). Uma das 20 obras que estarão na mostra, a Naturalis I, esteve na SP-Arte da edição de maio deste ano e foi selecionada pelos curadores Gabriel Perez-Barreiro (Preview.art) e Adrian Locke (The Royal Academy) numa apresentação para a Delfina Foundation e Galeria Gasworks, ambas de Londres. Outras 12 serão expostas pela primeira vez. A mostra reúne ainda 22 trabalhos de duas outras Séries de Elaine Pessoa, a Los Cerros e a Nimbus.

As obras serão comercializadas em tiragens de 4 ou 5 unidades, por valores a partir de R$ 8.000,00. Artista em ascensão no mercado, o momento marca ainda a primeira indicação de Elaine Pessoa ao Prêmio Pipa 2022, mais importante prêmio brasileiro das artes visuais (https://www.premiopipa.com/elaine-pessoa/) e o convite para participar de uma residência em Lisboa, no Hangar Centro de Investigação Artística.


Sobre a exposição
O título Naturalis, que dá nome à exposição, é também a série fotográfica que teve como ponto de partida um diálogo entre a fotografia produzida em estúdios e os desenhos científicos de paisagens feitos por antigos viajantes. Para a artista, a junção destas duas matérias visuais constitui em grande medida a memória visual conhecida de uma paisagem brasileira fantástica dos séculos XVIII e XIX. Assim, a intenção é recriar criticamente imagens de uma paisagem que habitou o chamado pré-fotográfico. As obras recebem tratamento em impressões reluzentes de papéis com uma cromia em ouro ou prata.

Mais duas séries compõem a mostra, Arabutã e Tacomaré, em que a artista, a partir de descrições desenhadas pelos naturalistas, concentra-se na questão de como a Mata Atlântica foi devastada, primeiro pela extração desmedida do pau-brasil (Arabutã), o primeiro ouro brasileiro, e depois pela plantação de cana-de-açúcar (Tacomaré), o chamado segundo ouro do Brasil. 

Já as séries Nimbus Los Cerros, também presentes na exposição, são trabalhos fotográficos de observação da paisagem na Serra da Bocaína e da região de Huichaira, em Jujuy, Argentina, respectivamente. Esta última, desenvolvida durante uma residência que a artista participou no Museo em los Cerros.

Sobre a artista Elaine Pessoa
Artista Visual representada pela Galeria Mario Cohen, vive e trabalha em São Paulo. Pós-Graduada em Fotografia pela Faap/SP. Sua produção mais recente é dedicada a pesquisa de um hibridismo entre linguagens visuais, aplicada ao imaginário da paisagem. Fotolivros publicados: Tempo Arenoso (2015); Nimbus (2016); Paysages (2017); 100 # fim (2019); Los Cerros (2020). Prêmios: Artist of the Month, Art from Heart, Londres (junho 2021); Prêmio Miolo de Melhor Publicação Fotográfica com Tempo Arenoso (2015); Prêmio Aquisição no Salão de Artes Visuais de Vinhedo (2013); e Menção Especial na 5ª Bienal Nacional de Gravura Olho Latino (2011). Indicada ao Prêmio Pipa 2022.

Serviço - Exposição Naturalis
Abertura: 23 de agosto das 19h às 22h
Período: de 24 de agosto a 30 de setembro de 2022
Local: Galeria Mario Cohen - Rua Joaquim Antunes, 177 cj 12, Pinheiros, São Paulo
Funcionamento: terça a sexta, das 11h às 19h; aos sábados das 11h às 17h.
Entrada gratuita

Sobre a Galeria Mario Cohen
A Galeria, aberta em 2000, no Rio de Janeiro, foi a primeira da América Latina a dedicar um espaço exclusivamente para valorização da fotografia como expressão artística, instalando-se em São Paulo em 2015. Em sua vida profissional, Mario Cohen usou a arte e a cultura como forma de agregar valor, sendo responsável, além da Coleção Pirelli/Masp, pela criação do Museu da Língua Portuguesa, do Auditório Ibirapuera com sua escola de música, do Prêmio Tim para Música Brasileira, do Tim Festival, entre outros.

Galeria Mario Cohen recebe exposição Naturalis, da artista visual Elaine Pessoa Galeria Mario Cohen recebe exposição Naturalis, da artista visual Elaine Pessoa Reviewed by Tom Dutra on 21:15 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.