Infância Refugiada - Mais que uma exposição...

Olá pessoal! Esse mês teremos na Matilha Cultural uma exposição que abordará um tema importantíssimo, sobre as crianças que vivem em campos de refugiados na Turquia, Líbano e Síria. A exposição faz parte de um projeto muito bacana que tem como objetivo ajudar os que estão nessa situação.

Vá ao lançamento e contribua com esse projeto tão bacana

Segue abaixo a notícia completa recebida pela assessoria:

Dia 27 de junho, a Matilha Cultural abrigará a exposição Infância Refugiada / Refugge Childhood - Palestinians at Turkey, Lebanon e Syria. Trata-se de uma mostra individual da fotógrafa brasileira Karine Garcêz, que capta as expressões de crianças e adolescentes palestinos que vivem em campos de refugiados distribuídos na Turquia, Líbano e Síria. As fotos foram feitas em 2014 e 2015, durante viagem de caráter humanitário da fotógrafa, integrando missão da Organização Não-Governamental holandesa Al Wafaa Campaing.


Por meio da exposição, Karine Garcêz busca arrecadar fundos para compra de material escolar para as crianças refugiadas por meio da venda de produtos personalizados. Os produtos comercializados incluem marcadores de página, cartões postais e as bonecas de pano Mariam e Sarah, personagens da Webcomic criadas pela equipe Genesis, do curso de Mídias da Universidade Federal do Ceará (UFC) e confeccionadas pela TiliArte artesanato. Infância Refugiada / Refugee Childhood conta com a parceria do Projeto Fotografia Tátil, do Curso de Arquitetura e Designer da Universidade Federal do Ceará. Neste projeto, as pessoas cegas e com deficiência visual podem ver as fotos por meio do tato, tornando assim a exposição inclusiva.



No dia da abertura, será exibido o documentário Fogo no mar (vencedor do Urso de Ouro em Berlim), de Gianfranco Rosi, que retrata a vida na ilha italiana de Lampedusa, local que se tornou linha de frente da crise de imigração europeia. Estão programados também poesia Mini Zap! - Slam com Núcleo Bartolomeu de Depoimentos e o jogo No caminho com os imigrantes, desenvolvido por Caritas França e Associationdes Cités, que aumenta o conhecimento sobre as realidades de exílio e imigração, bem como o impacto das políticas de vários países de transito ou destino desses imigrantes.

Uma das fotos de Karine Garcês para a exposição.
Ao longo do mês, também acontecerão debates sobre a temática de refugiados no Brasil. E haverá ainda programação com shows e atividades diversas relacionadas ao tema. No dia 8 de julho, haverá um debate com Omana Petench, refugiado do Congo e fundador da ONG LFCAB, que dissemina a cultura africana, Silvana Nuti, diretora do documentário A linguagem do Coração(que retrata a história de refugiados em São Paulo, dentre eles Omana) e Marcelo Haydu, da ADUS (Instituto de Reintegração de Refugiados). A programação do Cine Matilha terá, ao longo de julho, filmes que abordam a temática de refugiados e assuntos correlatos, como Era o hotel Cambridge, A linguagem do coração e Clash (triller sobre os protestos pró e anti-muçulmanos no Egito).  
Karine Garcêz é fotógrafa documental ligada à luta internacionalista por justiça social, tendo trabalhado em campos de refugiados do Oriente Médio. Estudante de Relações Internacionais, é representante no Brasil da ONG holandesa de ajuda humanitária Al-Wafaa Campaign e palestrante do Projeto Muslimah, que explica, nas escolas, os fundamentos do Islã, defendendo a tolerância religiosa e o direito de cada um à escolha da própria fé.

Programe-se!

27/06 (terça-feira)
17h Clash
19h Fogo no Mar

28/06 (quarta-feira)
15h Clash
17h Fogo no Mar

29/06 (quinta-feira)
15h Fogo no Mar
17h Clash
19h Era o Hotel Cambridge

30/06 (sexta-feira)
17h Era o Hotel Cambridge
19h Fogo no Mar

01/07 (sábado)
15h Clash
17h Era o Hotel Cambridge
19h Fogo no Mar

Sinopse e Ficha Técnica dos Filmes:

Clash
Não recomendado para menores de 14 anos
Quando o governo do presidente Mohamed Morsi, eleito através da primeira eleição geral do Egito, foi derrubado por militares, uma forte tensão tomou conta do país. Isso porque, logo depois, parte da população que apoiava tomou as ruas para reivindicar o seu retorno e, durante os protestos, um grupo de pessoas de diferentes origens e com opiniões antagônicas acabou sendo preso arbitrariamente em uma velha caminhonete.

Data de lançamento 4 de maio de 2017 (1h 37min)
Direção: Mohamed Diab
Elenco: Nelly Karim, Tarek Abdel Aziz, Ahmed Malek mais
Gêneros Drama, Suspense

Fogo No Mar
O documentário captura a vida da ilha italiana de Lampedusa. Na costa sul da Itália, o local se tornou linha de frente na crise de imigração da Europa. O local virou manchete mundial nos últimos anos por ser o primeiro porto de escala para centenas de milhares de imigrantes da África e do Oriente Médio que tentam fazer uma nova vida no continente europeu.

Título original  Fuocoammare
Data de lançamento 28 de abril de 2016 (1h 49min)
Direção: Gianfranco Rosi
Elenco: atores desconhecidos
Gênero Documentário
Nacionalidades Itália, França

A Era do Hotel Cambridge
Refugiados recém-chegados ao Brasil dividem com um grupo de sem-tetos um velho edifício abandonado no centro de São Paulo. Além da tensão diária que a ameaça de despejo causa, os novos moradores do prédio terão que lidar com seus dramas pessoais e aprender a conviver com pessoas que, apesar de diferentes, enfrentam juntos a vida nas ruas.

Data de lançamento 16 de março de 2017 (1h 39min)
Direção: Eliane Caffé
Elenco: Carmen Silva (II), Isam Ahmad Issa, José Dumont mais
Gênero Drama
Nacionalidade Brasil

É isso aí, gente! Precisamos conhecer mais, nos sensibilizar mais e, principalmente, fazer mais! Mais altruísmo! Mais amor! O mundo está precisando! Parabéns aos envolvidos pela iniciativa tão bacana!

Tom Dutra
Infância Refugiada - Mais que uma exposição... Infância Refugiada - Mais que uma exposição... Reviewed by tomdutradicas on 12:13 Rating: 5

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.